Nesta última sexta-feira (12/06), o diretor geral da Socioambiental, Ricardo Muller Arcari, apresentou um dos trabalhos mais longos da empresa no “9no Foro Permanente de Conservación y Uso Racional del Río Uruguay y Acuífero Guaraní”.

O evento é realizado pela União de Parlamentares Sul-Americanos e do MERCOSUL (UPM), organização com representantes parlamentares regionais da Argentina, Brasil, Chile, Paraguai, Uruguai e Venezuela. Os trabalhos da UPM são voltados à discussão de políticas que possam ser integradas entre os países membro, voltadas à educação, meio ambiente, cultura, saúde pública e outros aspectos cidadãos. Desde 2008 é reconhecida com um órgão de consulta do MERCOSUL.

O trabalho da Socioambiental

A apresentação do trabalho “Qualidade da Água e Principais Usos nos Reservatórios das Usinas Hidrelétricas Itá e Machadinho” se deu no 4º Webinar “Calidad de Agua”. O evento online é organizado para apresentar as atividades realizadas por pesquisadores de diversas frentes, como Comitês de Bacia, universidades e iniciativas privadas.

Durante a apresentação, Ricardo ressaltou a grande série temporal de dados obtidos nas UHEs de Itá e Machadinho, tendo em vista que as campanhas foram iniciadas em 2002, totalizando 208 campanhas ao longo dos 18 anos de monitoramento. Ainda, a qualidade de obtenção dos dados foi relembrada pelo fato do monitoramento ser realizado pela mesma equipe e com poucas trocas de laboratório.

Também foram destacadas as tendências quanto a três índices: Índice de Qualidade da Água (IQA), Índice de Qualidade da Água do Reservatório (IQAR) e Índice de Estado Trófico (IET).

Foram apresentados os usos previstos e normatizados pelo PACUERA (Plano Ambiental de Conservação e Uso do Entorno de Reservatório Artificial) da UHE Itá, que se encontra em fase final de aprovação pelo IBAMA. Dentre os usos destacam-se atividades como recreação e lazer, transporte fluvial, captação de água, dessedentação animal e atividades econômicas como piscicultura e marinas e garagens náuticas.

Saiba mais

Para conferir a apresentação completa e entender melhor o projeto e os resultados, acesse o link abaixo:
https://youtu.be/02iE3kLIcHg?t=7902

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *